Vocação é o chamado de Deus

aos nossos corações

 
 

Por *Monsenhor Jonas Abib

Infelizmente, muita gente não assume a própria vocação. E, por vezes, pega um caminho tortuoso, de martírio, dificuldades, problemas. A vida dessa pessoa é uma confusão, pois se desviou do caminho que Deus havia preparado para ela.

Quando nós realizamos tudo o que cabe à nossa vocação, não fazemos nada mais do que o nosso dever, e Deus fica tão contente que nos cumula de bênçãos.

É importante e necessário assumirmos nossa vocação, investirmos nela. Não adianta querermos teimar, fazer as coisas por nós mesmos. É a graça de Deus que rege nossa vida. Se cada um de nós resolver fazer do próprio jeito, sem estar em sintonia com o desígnio divino, será a maior confusão.

Quando nós, na humildade e na oração, aprendermos a ouvir a Palavra de Deus, a voz do Espírito Santo dentro de nós, e não a voz das nossas emoções, das nossas empolgações, começaremos a acertar o caminho, a viver o projeto de Deus.

A voz do Espírito Santo é uma voz sutil, mas penetrante, regeneradora. Em geral, seguimos a voz das nossas paixões e sentimentos para as coisas boas e para as coisas ruins. Mas precisamos adquirir a prática de ouvir a Deus com o coração, o que Ele nos inspira. A resposta Dele é semeada no mais íntimo do nosso coração.

Temos que aprender a buscar a resposta dentro de nós, não no barulho. A resposta de Deus está gravada em nosso coração. É dentro do nosso interior, na hora em que menos esperamos, que a colheremos. Deus tem um propósito para cada um de nós!


*Monsenhor Jonas Abib é fundador da Comunidade Canção Nova, presidente da Fundação João Paulo II, mantenedora do Sistema Canção Nova de Comunicação, em Cachoeira Paulista (SP) e reitor do Santuário do Pai das Misericórdias. É um dos religiosos que mais se destacou utilizando os meios de comunicação na ação evangelizadora da Igreja Católica, na América Latina. Autor de 57 livros, CDs e DVDs, além de várias palestras em áudio e vídeo.