Papa canoniza dois pastorzinhos de Fátima

Vaticano reconheceu como milagre a cura de um menino paranaense

O Papa Francisco chegou nesta sexta-feira (12) em Fátima (Portugal) para as celebrações dos 100 anos da aparição da Virgem Maria para os três pastorzinhos. Antes de iniciar a viagem, o Santo Padre usou as redes sociais para pedir a atenção do povo para este momento. “Com Maria, amanhã em Fátima, peregrino na esperança e na paz. Olhemos para ela: tudo é dom de Deus, nossa força”, publicou em sua conta no Twitter.

O peregrino da esperança e da paz visita a Capelinha das Aparições. Neste sábado (13), os pastorzinhos Francisco e Jacinta, serão canonizados. O Vaticano reconheceu como milagre a cura de um menino de Juranda, no interior do Paraná.

Segundo os pais de Lucas, João Batista e Lucila Yurie, o menino sofreu traumatismo craniano após cair de uma janela em março de 2013, aos cinco anos, e os médicos afirmavam que as chances de sobrevivência eram mínimas.

A família começou a rezar para Nossa Senhora de Fátima e pediu para que as irmãs do Convento de Nossa Senhora do Carmo, em Campo Mourão (PR), também orassem pelo menino. Uma freira disse ter sentido um impulso e decidiu recorrer às relíquias dos beatos, que estavam junto do Sacrário.

Segundo os pais, ela teria dito: “Pastorinhos, salvem esse menino, que é uma criança como vocês”. A freira também convenceu toda a comunidade a rezar com ela pela intercessão dos pastorinhos.

Seis dias depois do acidente, Lucas estava recuperado e sem sequelas. Os médicos não encontraram explicações objetivas para a sua recuperação.

Francisco (1908-1919) e Jacinta (1910-1920) foram duas das três crianças que, com a prima Lucia (1907-2005), disseram ter visto a santa em 1917. (Com informações da Rádio Vaticano e Agência Brasil)