Meio ambiente também é preocupação da Igreja

Foto: Freepik

A Semana Mundial do Meio Ambiente nos convida a refletir sobre a importância de nossos recursos naturais

Neste começo de mês são comemoradas duas datas importantes para refletirmos sobre a importância da natureza. Nesta segunda-feira, dia 5 de junho, é o Dia Mundial do Meio Ambiente, e na quinta-feira, dia 8, o Dia Mundial dos Oceanos.

O cuidado com os nossos recursos naturais é tão importante que a Campanha da Fraternidade 2017, organizada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), traz como tema os biomas brasileiros e a necessidade de defender a vida.

O objetivo da Campanha da Fraternidade é trabalhar ações que promovam as relações entres os povos através da ótica dos biomas. É preciso aprender sobre cada bioma, suas belezas e significados, sua importância para a vida e para o planeta. Esse exercício ajuda as pessoas a se comprometerem com ações concretas. E, obviamente, que este compromisso não se resume ao cuidado e respeito à natureza, mas também às pessoas que estão inseridas no contexto de cada bioma brasileiro.

Cartaz da campanha da fraternidade deste ano (divulgação)

A Amazônia é o maior bioma brasileiro, representando quase a metade do território nacional. Mais de 4.200 espécies animais foram contabilizadas, mas ainda há muitas outras desconhecidas. Em seguida, vem o Cerrado, a Mata Atlântica, a Caatinga, o bioma Pampa e o Pantanal.

Atividades em Aparecida

Os objetivos da CF serão abordados durante a 2ª Semana do Meio Ambiente, promovida pelo Santuário Nacional de Aparecida, em Aparecida (SP). O evento que começou nesta segunda, dia 5, e segue até o dia 9 de junho.

A programação busca ampliar a conscientização sobre a necessidade de preservação dos recursos naturais. Na abertura, foram apresentadas as práticas sustentáveis desenvolvidas pelo Santuário Nacional e pela prefeitura local.

A programação contará ainda com palestras sobre a gestão hídrica da Bacia do Rio Paraíba do Sul, técnicas para recuperação de áreas degradadas e um aprofundamento na temática da Campanha da Fraternidade. As atividades ocorrem sempre às 9h, no auditório Padre Noé Sotillo.

Na quarta-feira, dia 7, os participantes serão conduzidos à Fazenda Santana, às margens da rodovia Presidente Dutra, onde participarão de uma ação efetiva para recuperação de uma área degradada, realizando o plantio de mudas nativas da Mata Atlântica. O encerramento será no dia 9, com uma missa na Basílica de Nossa Senhora Aparecida, e o plantio de mudas numa área próxima da Basílica.

Cristo Redentor

No Rio de Janeiro, o monumento ao Cristo Redentor, recebeu iluminação especial na cor verde, para marcar a Semana Mundial do Meio Ambiente. O monumento ficará com a iluminação especial até o dia 10 de junho.

O Dia Mundial do Meio Ambiente é comemorado em 5 de junho. A data foi recomendada pela Conferência das Nações Unidas (ONU) sobre Meio Ambiente, realizada em 1972, em Estocolmo, na Suécia.

O Programa da ONU para o Meio Ambiente personaliza questões ambientais e possibilita a cada um perceber não somente sua responsabilidade, mas também o poder de se tornar um agente para a mudança, apoiando uma forma de desenvolvimento mais justa e sustentável.