Missionário prevê década de prosperidade para o Brasil

Profecia sobre o fim das “vacas magras” foi anunciada durante retiro em Bandeirantes

O missionário Ironi Spuldaro acredita que o Brasil viverá uma década de prosperidade a partir de 2019. A previsão foi feita durante retiro que o missionário pregou no último fim de semana de dezembro de 2018, dias 29 e 30, no Santuário São Miguel Arcanjo, em Bandeirantes. “O tempo das vacas magras acabou; acabou é o tempo da colheita, da restituição”, afirmou.

Segundo ele, as pessoas deveriam se preparar para esta nova época que se aproxima. “Não olhe para a tua miséria, desemprego, crise, humilhação. Olhe para Deus; olhe para aquilo que gera amor. Mude a tua visão porque o que Deus vai fazer é muito grande”.

Ele sugeriu que as pessoas tenham confiança no Senhor e que lutem por aquilo que desejam. “O tempo da colheita implica em mudança de vida, de conversão. Nesse tempo, não dá para ficar parado. Não pare; não pense em desistir”.

E seguindo este raciocínio, pediu que as pessoas acreditem neste período de prosperidade. “Invista em suas atividades. Agora é hora de investir nesse sonho. É um agir de Deus e o Brasil será referência para a humanidade”.

O missionário lembrou que no dia primeiro de janeiro seria iniciada uma nova presidência da República e pediu para que Deus interceda pelos novos governantes e cada família da nação brasileira.

Durante o retiro, Ironi disse que sentiu a presença de São João Paulo II, de São Padre Pio e de Santa Faustina intercedendo por todos que estavam presentes no santuário.

O missionário Ironi Spuldaro reside em Guarapuava, Paraná, é membro da Renovação Carismática Católica (RCC) e faz pregações em vários lugares do Brasil e no Exterior.