Cidades mineiras organizam apresentações da Paixão de Cristo

As celebrações da Semana Santa em Minas Gerais são acompanhadas por milhares de fiéis e turistas

As celebrações da Semana Santa em Minas Gerais atraem milhares de turistas e fiéis, que organizam caravanas para participar deste momento de fé e oração. Na cidade de Diamantina (290 km de Belo Horizonte), a representação da guarda romana ganhou tamanha importância que foi registrada como bem imaterial do patrimônio de Diamantina.

A Guarda Romana é formada por homens, que incorporam o papel dos guardas que acompanham Jesus Cristo durante o percurso da condenação à ressurreição. Vestidos a caráter, com escudos e lanças.

Diamantina mantém outras tradições desse período santo como a benção de ramos, a queima do Judas (no sábado de Aleluia) e a confecção de tapetes que ornamento as ruas por onde passa a procissão da ressurreição no domingo de Páscoa. Este ano, os tapetes terão como temática a Campanha da Fraternidade.

Em Belo Horizonte, uma das principais celebrações é a Missa da Unidade, realizada na Quinta-feira Santa, no Ginásio Mineirinho. Cerca de 15 mil pessoas participam da missa. Durante a celebração, há a bênção dos Santos Óleos utilizados pelas paróquias da Arquidiocese de Belo Horizonte para a celebração dos sacramentos: Batismo, Crisma e Unção dos Enfermos.

Missa da Quinta-Feira Santa realizada no Ginásio Mineirinho, em Belo Horizonte, em 2016 (foto: Divulgação/Arquidiocese de Belo Horizonte)

Em Santa Bárbara, a encenação da Paixão de Cristo atrai em torno de 2 mil pessoas por apresentação. A Via Sacra é recriada no centro histórico da cidade e apresentada pelo grupo Âncora Companhia de Teatro na Quinta-feira Santa, Sexta-feira Santa e no Sábado de Aleluia. O grupo abre as atividades com a participação na promissão de Domingo de Ramos.

O espetáculo da Paixão de Cristo é considerado um bem imaterial de Santa Bárbara. Começou em 1975 com um pequeno grupo de moradores e hoje, envolve em torno de 80 pessoas, entre atores e produção. Apesar de atrair alguns turistas, o público principal é de moradores da cidade, principalmente na Sexta-feira Santa.

A encenação da Paixão de Cristo, em Ouro Preto, será na escadaria da Igreja Santa Efigênia, no sábado à noite. O teatro é organizado pela pastoral da Juventude. Na Sexta-feira Santa, ocorre a apresentação das figuras bíblicas na Igreja São Francisco de Assis.

Baependi realiza na Quinta-feira Santa a encenação do quadro vivo pelas ruas do centro e na Sexta-feira Santa faz a celebração das Sete Palavras na Igreja Matriz. No Domingo de Páscoa, a procissão eucarística começa ainda de madrugada. É tradição na cidade fazer a Semana da Misericórdia com a reza do terço todos os dias na Hora da Misericórdia.