Locais de Romaria Minas Gerais

Congonhas – MG

Cidade dos profetas

A cidade histórica de Congonhas é conhecida por ser a sede de uma obra-prima de Aleijadinho, o conjunto de esculturas dos 12 Profetas em tamanho natural. O conjunto arquitetônico, um dos maiores tesouros da arte barroca, é visitado por milhares de turistas do Brasil e do mundo.

Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinhos

A igreja foi construída entre 1757 e 1790 e declarada Patrimônio Mundial pela Unesco em 1985. No pátio do santuário ficam as 12 imagens em pedra-sabão esculpidas por Aleijadinho e seus auxiliares na década de 1810. Na área externa também estão as seis Capelas dos Passos, que mostram as cenas da Paixão de Cristo de acordo com o projeto de Aleijadinho. As 64 imagens em cedro foram talhadas pelo mestre Manuel da Costa Ataíde.

A igreja foi construída entre 1757 e 1790 e declarada Patrimônio Mundial pela Unesco em 1985 (foto: Eliane Gouvea)

Na parte interna, a basílica possui relicários talhados por Aleijadinho e rica decoração em estilo rococó e pintura de teto assinadas pelo mestre Ataíde.

A visita  oficial é acompanhada por monitores credenciados.

Serviço
Os valores  para as visitas  devem ser consultados pelo telefone (31) 3731-2077

Navegue também pelo Street View para ver mais do Santuário


Jubileu do Senhor Bom Jesus de Matosinhos

7 a 14 de setembro

A festa é realizada desde 1780 e acontece entre os dias 7 a 14 de setembro. A estimativa é que cerca de 300 mil romeiros participem da festa anualmente. As celebrações acontecem em um palco montado em frente à basílica. A festa conta com o apoio da prefeitura, que oferece todo apoio logístico para a realização do evento.

Serviço
Santuário do Bom Jesus de Matosinhos
(31) 3731-1540


Museu de Congonhas

O museu tem uma exposição permanente sobre a história  de Aleijadinho e mestre Ataíde e de outros artistas que ajudaram a construir todo conjunto arquitetônico da cidade. São três pavimentos, com sala de exposição, auditório, biblioteca, ateliê, cafeteria e um anfiteatro ao ar livre.

Serviço
Museu de Congonhas
(31) 3731-3979

Deixe um comentário

Translate »